Tratamento

 

O tratamento do torcicolo consiste no ensino aos pais de posicionamentos do bebé durante a alimentação, banho, troca de roupa, durante o sono, durante a vigília, etc, e de exercícios para serem realizados diariamente. Esses exercícios alongam o ECM afetado e os músculos do tronco e aumentam a força de toda a musculatura cervical e tronco. As figuras ilustram apenas alguns exercícios, existindo modos mais fáceis e confortáveis para o bebé de realizar os mesmos alongamentos.

 

 

PORQUÊ TRATAR UM TORCICOLO COM OSTEOPATIA?

 

Para além do trabalho diário dos pais em casa, é necessário um tratamento com técnicas manuais específicas para esta condição. A osteopatia restabelece a mobilidade de todo o corpo do bebé, especialmente da articulação entre o pescoço e a cabeça (charneira cranio-cervical), muitas vezes com espasmos da musculatura entre occipital e C1 e C2 (cervical alta) que impossibilitam resultados rápidos quando apenas se trabalha o alongamento muscular. Pensa-se que estes espasmos musculares, que originam bloqueios articulares entre cabeça e cervical alta e que facilitam o torcicolo, possam originar-se ainda na fase intra-uterina pela posição que o feto adopta no final da gravidez já com pouco espaço para modificar a sua posiçao, tal como durante o parto com as manobras obstétricas necessárias ao nascimento do bebé. 

 

Quando o torcicolo é acompanhado de um atraso no desenvolvimento motor do bebé, a osteopatia deve ser acompanhada de fisioterapia.

 

 

Contactos

Dra. Vera Barata

Clínica Sabeanas - Carcavelos
218 025 501 || 929 144 622